Bikeando
  • Слика од Maragogi a Porto de Pedras - São Miguel dos Milagres
  • Слика од Maragogi a Porto de Pedras - São Miguel dos Milagres
  • Слика од Maragogi a Porto de Pedras - São Miguel dos Milagres
  • Слика од Maragogi a Porto de Pedras - São Miguel dos Milagres
  • Слика од Maragogi a Porto de Pedras - São Miguel dos Milagres
  • Слика од Maragogi a Porto de Pedras - São Miguel dos Milagres

Moving time  3 сата 42 минуте

Вријеме  5 сата 46 минуте

Број тачака 52

Uploaded 23.07.2019.

Recorded јул 2019

-
-
8 m
-11 m
0
4,0
8,1
16,1 km

Погледана 22 пут(a), скинута са сервера 0 пут(a)

близу Porto de Pedras, Alagoas (Brazil)

Dia dos Milagres!

Partindo tarde de Maragogi (10h), para prestigiar o niver de nossa amiguinha do hostel, peguei a estrada, finalmente, em direção ao sul, Maceió. Com parada prevista para São Miguel dos Milagres ou Barra de Camaragipe.

Asfalto no início. Sem acostamento. Além do barulho na roda traseira, câmbio quebrado, não entrava mais marcha nenhuma. Ficou fixa na catraca menor e coroa do meio. Ou seja. Cicloviagem de BARRA FORTE. MARCHA FIXA. Ahahaha!

Era rir pra não chorar!

As subidas aqui nem se comparam às da minha terrinha! Mas com a catraca na mais pesada, a primeira subida já me botou o chão pra empurrar...

Não tive dúvida. Ativei o modo busca de bicicletaria.

Achei o Gia. Na sua bicicletaria, ele mexeu daqui e dali e nada de conseguir. Era a peça do guidão . Não adiantava ajustar o cabo.
Pedi pra deixar fixa no meio. Mas ele acabou deixando na mais leve.

Aproveitei reorganizar a tralha na bicicleta que não tava legal. Os alforges estavam soltando toda hora. E toda hora, eu tinha de parar pra encaixar. E o isolante estava gordo na garupeira e atrapalhando por o clipe. Desenrolei tudo. Tirei as hastes do rolo, pra por direto na garupeira e erguer o rolo... Com o rolo magrinho, ficou perfeito. Os alforges nem desencaixaram mais!

Mas a marcha na leve me fez passar por um teste de paciência...

Dei milhões de giros no pedal hoje. Saindo pouco do lugar. É desesperador! Algum motivo tem, né. Pernas inteiras, Sen cansaço algum, sem fazer força alguma. Mas não rendia nada o pedal!

Cheguei na balsa! Finalmente! A experiência de atravessar um rio, na balsa, para chegar em Porto de Pedra.

Que lugar! Casinhas super antigas. Igrejas. Que bucólico...

Percorrer as ruazinhas foi indescritível! A chuva que começou logo depois da travessia de balsa ficou mais intensa. Parei pra por a capa poncho. Deixei de tirar várias fotos lindas. Porque o pedal de hoje tinha de render. Eu tinha de chegar pelo menos a São Miguel dos Milagres!

Quando me venci pela vontade de fotografar, parei numa casa em ruínas. Estava saindo da casa de frente, um moço de bicicleta. Disparei.

Tira uma foto pra mim?

Pronto. Tudo resolvido. Desta parada, ganhei um novo amigo também da tribo da bike. Ele ia duas vezes por semana até Maceió de bicicleta. Em cinco horas, 90 km! Perguntei se havia algum lugar que ele conhecesse pra eu pernoitar adiante. No final das contas, me acompanhou até a casa da sua mãe. Dona Estrela! (Minha mãe se chama Estela!)

Na sua porta já me recebeu oferecendo café, água, bolacha o que quisesse! Aceitei tudo!

Enfim. Vou dormir em sua casa para seguir viagem amanhã.

A bicicleta é mágica!

Коментари

    You can or this trail